segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Informação - Detergentes AEC's

No dia 27 de Fevereiro de 2012 19:42, Federação APEE Alcochete <fapeeca@gmail.com> escreveu:

Boa tarde,
 
Acho que seria importante cada APEE colocar a informação para os pais das respectivas escolas a informação de que no passado dia 15 de Fevereiro a FAPEECA distribuiu pelas escolas e espaços onde decorrem as AEC's produtos de limpeza para a limpeza dos mesmos após a utilização pelas crianças que frequentam as actividades. Esta foi a resposta da FAPEECA a uma ordem dada pela CMA a todas as suas funcionárias para que não utilizassem os seus produtos nos recintos das AEC's.
 
Abraço,
 
João Lopes
___________________________________

Obrigado á FIRSTHELP pelos valores praticados na aquisição dos detergentes.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Workshop: "Parentalidade - Bom para os Pais, Melhor para os Filhos" - Alcochete

Na sequência de alguns encontros que a Federação das Associações de Pais e Encarregados de Educação em conjunto com cada uma das Associações de Pais estão a promover, divulga-se o próximo encontro dia 24 de fevereiro às 20h30, na escola EB1 do Valbom, subordinado ao tema:
"Parentalidade - Bom para os Pais, melhor para os Filhos".
Pela pertinência do tema, porque somos Pais e Trabalhadores bem como pelas questões que podem suscitar, sugiro que não falte. Não se vai arrepender...
A CITE, entidade com competência nos temas que relacionam os direitos da parentalidade e o mundo laboral, faz-se representar ao mais alto nível com técnicas especializadas nestas matérias.
Contamos com a sua presença e com a divulgação junto dos seus contactos!

Até sexta-feira às 20h30 na escola do 1.º ciclo do Valbom - Alcochete.

Clicar
Presidente da A.P.E.E.S.F.
Orlando Verissimo Lopes Rubio

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Corso Carnavalesco de São Francisco


A chegada do nosso "Trem Eléctrico".

Saída da Escola

Os Cruzados de São Francisco

A nossa "Abelha Alucinada"

Adicionar legenda

Princesas de São Francisco 
Falso Bombeiro
  
Rainha do Dibango


Corpo de Elite

Que bela Tropa

O nosso bravo Ângelo a colocar respeito nas Palhacitas

Presidente da A.P.E.E.S.F.
Orlando Verissimo Lopes Rubio

Agradecimento aos Bombeiros Voluntários de Alcochete



A APEESF vem por este meio agradecer o contributo dos Bombeiros Voluntários de Alcochete no acompanhamento musical do Cortejo Carnavalesco das nossas crianças.
Parabéns pela escolha musical.


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

AGRADECIMENTO

No dia 16 de Fevereiro de 2012 12:13, Ana Raimundo escreveu:

Bom dia.
Após requerimentos, reuniões, recursos, etc, conseguimos que fossem reunidas condições para aceitarem o Afonso no CAF do JI de S. Francisco.

Venho por isso agradecer à Associação de Pais todos os esforços e acções desenvolvidas nesse sentido.

Com os melhores cumprimentos,
 Ana Raimundo Centenico

_________________________________________

De: Associação de Pais <apeesf@gmail.com>
Data: 16 de Fevereiro de 2012 12:50
Assunto: Re: CAF
Para: Ana Raimundo
Cc: Sérgio Manuel Correia


Bom dia Ana;
Ficamos contentes com o facto e aproveitamos para agradecer o empenho do Chefe de Divisão da Educação, Sr. Sérgio Correia, na solução encontrada para o enquadramento do seu problema.

Com os melhores cumprimentos

Presidente da A.P.E.E.S.F.
Orlando Verissimo Lopes Rubio 

Resposta da Tutela á questão da APEESF

Clicar - Questão

Clicar - Resposta ME

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Carta Pais-CMA - Abaixo assinado nas escolas

Exmº Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alcochete
Exmº Senhor Vereador do Pelouro da Educação da Câmara Municipal de Alcochete
Exmºs Senhores Deputados da Assembleia Municipal de Alcochete

Os pais e encarregados de educação dos alunos do pré-escolar e do 1º ciclo do Concelho de Alcochete (adiante designados pais e encarregados de educação) vêm, por este, meio solicitar à Câmara Municipal de Alcochete (adiante designada CMA), através dos seus mais altos representantes, a urgente clarificação sobre o tema da gestão financeira do ensino pré-escolar e básico do 1º ciclo no Concelho. Assim,
1.      Conscientes do actual estado das finanças públicas em Portugal e, em particular, da grave situação financeira em que se encontra o Agrupamento Vertical de Escolas de Alcochete e porque ressalta à evidência que existem claras dificuldades em conseguir canalizar as verbas necessárias ao bom funcionamento dos estabelecimentos escolares;
2.      Conhecedores de que no ano de 2011, a CMA assumiu o compromisso de garantir, por si mesma, o cumprimento do disposto na alínea e) do n.º 6 do artigo 34.º da Lei n.º 169/99, de 18 de Setembro, originariamente cometido às juntas de freguesia do Concelho, designadamente o suporte financeiro e/ou fornecimento relativo a limpezas, manutenção e despesas com correspondência e que tal compromisso não será renovado durante o ano de 2012 e que as juntas de freguesia não são titulares de liquidez suficiente para garantir aquela competência que lhes está legalmente atribuída;
3.      Cientes de que a gestão/exploração dos refeitórios escolares passou para a alçada da CMA e porque, no passado, tal exploração permitiu a obtenção de excedentes que foram sendo utilizados no pagamento de dívidas várias a fornecedores;
4.      Crentes de que a CMA e as juntas de freguesia não deixarão de garantir o regular funcionamento das escolas em causa;
os pais e encarregados de educação solicitam, ao abrigo do disposto nos artigos 7.º do Código do Procedimento Administrativo, 4.º, n.º1, e) e 5.º da Lei n.º 46/2007, de 24 de Agosto:
a)      que lhes sejam apresentados, de uma forma clara e documentada, quais os valores que a CMA transferiu durante o ano de 2011 para o Agrupamento Vertical de Escolas (e respectivas rubricas) e, no quadro da receita, quais os valores que estavam previstos ser transferidos do Ministério da Educação para a CMA e se tais valores foram efectivamente transferidos e em que montantes;
b)      que lhes seja comunicado de que modo será solucionada, ao longo do ano, a situação descrita em 2.;
c)      que lhes seja dada a informação sobre o que está previsto para 2012 a CMA receber do Ministério da Educação, bem como em relação às responsabilidades próprias da CMA e das Juntas de Freguesia nesta área, com explicação dos valores que estão previstos em orçamento camarário em matéria de educação, designadamente se os mesmos se prevêem suficientes e adequados a garantir o integral cumprimento de todas as despesas do Agrupamento e, com isso, a continuação do regular funcionamento das escolas.
d)     que lhes seja confirmada a informação, que reputam de muito preocupante, de que a CMA apenas disponibilizará ao Agrupamento, para 2012, uma verba de vinte cinco mil euros, quando se prevê que as despesas do mesmo Agrupamento neste ano possam superar os sessenta e cinco mil euros – e, em caso afirmativo, que medidas já foram tomadas pela CMA no sentido de garantir o integral cumprimento das responsabilidades financeiras do Agrupamento, designadamente junto dos vários fornecedores;
e)      que lhes sejam apresentadas as contas da exploração dos refeitórios das escolas do ensino pré-escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico do Concelho, com demonstração de resultados e indicação de qual o destino das receitas aí obtidas. 

Por fim, os pais e encarregados de educação reforçam, uma vez mais, a inteira disponibilidade para discutir com a CMA sobre todas as questões relacionadas com a educação no Concelho de Alcochete e para encontrar soluções para as dificuldades que existam, considerando-se os próprios signatários parte em tais soluções.
Não podem, no entanto, deixar de salientar o total e absoluto silêncio dessa Câmara Municipal perante os vários ofícios e pedidos de informação apresentados pelo Agrupamento ou pelas Associações de Pais desde Outubro de 2011, no que tomam por uma lamentável falta de consideração para com a comunidade escolar no seu todo, para além de uma violação patente do preceituado na alínea d) do n.º1 do artigo 9.º do Decreto-Lei n.º 372/90, 27 de Novembro (na redacção do Dec.Lei n.º 80/99, 16 de Março e da Lei n.º29/2006, 4 de Julho), no que àquelas últimas associações concerne.

Os signatários, pais e encarregados de educação, solicitam por fim que as respostas ao presente pedido de informação sejam acompanhadas da pertinente documentação, designadamente comprovativa da transferência de valores entre a administração central e a CMA em matéria de educação, como assim com as juntas de freguesia na mesma matéria, orçamentos respectivos (2011 e 2012), resultados relativos a 2011 e a demais documentação acima mencionada – tudo devendo ser remetido para a sede do Agrupamento Vertical de Escolas de Alcochete, ao cuidado da FAPEECA.

COMUNICADO À POPULAÇÃO DA CMA

http://www.cm-alcochete.pt/pt/conteudos/noticias+e+eventos/noticias/destaques/Comunicado_9fev12.htm

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Comunicado

                                                             
 

Exmos. Pais e Encarregados de Educação,

Vimos por este meio Vos informar que apesar da reunião tida na passada 4ª feira entre o Agrupamento Vertical de Escolas de Alcochete e a Câmara Municipal de Alcochete e apesar dos compromissos assumidos pelos representantes do Município, informação esta que segundo nos informou a directora do Agrupamento vai ser afixada nas escolas, foi decidido nas reuniões de pais das restantes escolas do concelho continuar com o processo de pedido de esclarecimentos através de um abaixo-assinado que estará a partir de hoje (10/2/2012) nas diversas escolas para ser assinado pelo maior número de pais possível.

Assim sendo, mantém-se todas as decisões tomadas na reunião de pais tida no Vosso estabelecimento escolar no passado dia 6 de Fevereiro, nomeadamente a entrega em mão do documento acima referido na sessão de Câmara do dia 15 de Fevereiro, próxima 4ª feira, conjuntamente com a presença massiva dos pais e encarregados de educação.

Atentamente,
João R Lopes
Presidente Conselho Executivo da FAPEECA

Convocatoria



Clicar

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Resposta da DRELVT


No dia 8 de Fevereiro de 2012 17:45, DRELVT - Director  escreveu:


Exmº Senhor Presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação de São Francisco,


Com referência ao assunto em epígrafe, analisada a situação pelo serviço desta Direção Regional com competência nesta matéria - Divisão de Organização Pedagógica e Escola a Tempo Inteiro (DOPETI) -  venho informar V. Exa. que, após reunião com a Sra. Diretora do Agrupamento de Escolas D. Manuel I, e após posterior contacto com o Senhor Chefe da Divisão de Educação da Câmara Municipal de Alcochete, Dr. Sérgio Correia, foi possível apurar o seguinte:

A) O JI S. Francisco funcionou em pavilhões pré-fabricados até ao dia 13 de janeiro, com uma lotação fixada em 22 crianças por sala (estando previsto o seu funcionamento a partir de 16 de janeiro em novas instalações);

B) Nas antigas instalações, entre a porta do jardim-de-infância e o portão de entrada há alguma distância a ser percorrida pela auxiliar, cada vez que algum pai ou encarregado de educação pretendia aceder ao interior do estabelecimento.
Isto implicava a disponibilidade de uma auxiliar para proceder à abertura do portão sempre que um pai ou encarregado de educação pretendia recolher o seu educando, situação que tinha  o seu pico máximo entre as 16 h e as 17:30 h;

C) No presente ano letivo, o jardim-de-infância é frequentado por uma criança autista, que requer atenção individualizada (não tem controlo de esfíncteres sendo necessário proceder à sua higienização e mudança de fralda);

D) As atividades de animação e de apoio à família eram, até ao início do ano letivo, asseguradas por duas animadoras (uma com licenciatura e outra com o 12.º ano profissionalizante) e uma auxiliar.
Todavia, a animadora licenciada encontrava-se de baixa médica por gravidez de risco até meados do mês de janeiro, após o que gozará de licença de maternidade por um período de cinco meses (até ao final do ano letivo);

Todos os fatores acima elencados condicionaram negativamente a possibilidade de abertura de duas salas de atividades de animação e de apoio à família.

De acordo com o Dr. Sérgio Correia:

- Não se prevê alteração a este quadro de funcionamento para este ano letivo apesar da mudança de instalações, uma vez que se mantêm as condicionantes mais fortes - apenas dois adultos para assegurar as atividades, e a permanência da criança autista, que requer atenção permanente de um adulto.

- A admissão de mais uma criança iria abrir um precedente não desejável, pois outras mais famílias poderiam pretender o mesmo para os seus educandos, o que não se afigura possível dadas as condicionantes já descritas.

- No próximo ano letivo a criança autista sairá do pré-escolar, a animadora regressará da licença de maternidade, e o quadro de pessoal não docente será aumentado em mais uma assistente operacional, dado o aumento do número de salas.

- Dadas as condicionantes elencadas, há a perspetiva de no próximo ano letivo as atividades de animação e de apoio à família terem uma maior capacidade de resposta.


Com os melhores cumprimentos,

João Passarinho

Diretor Regional Adjunto



Praça de Alvalade, 12 - 1749-070 Lisboa – PORTUGAL
Tel +(351) 218 433 989 - Fax +(351) 218499913


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Associação de Pais <apeesf@gmail.com>
Data: 9 de Fevereiro de 2012 09:35
Assunto: Re: FW: JI S. Francisco (Alcochete) - Atividades de Animação e de Apoio à Familia
Para: DRELVT - Director


Exmº Senhor Director Regional Adjunto, 

Venho por este meio agradecer a informação prestada, a qual iremos partilhar com os nossos associados.
Esperemos que os factores sejam superados de modo a conseguir colmatar algumas necessidades identificadas.

Sinceros Cumprimentos
O Presidente da A.P.E.E.S.F.
Orlando Verissimo Lopes Rubio

--
Associação de Pais e Encarregados de Educação de São Francisco
http://apeesfrancisco.blogspot.com/

Email:
 apeesf@gmail.com
Facebook:
 Apee São Francisco Apeesf

 


terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Rastreio Gratuito da Terapia da Fala APEESF / Clínica das Crianças



Exmºs Pais
Exmºs Encarregados de Educação

Pretendemos ser uma Associação atenta aos problemas, activa e actuante no que for necessário, actuando  junto dos Órgãos de Gestão da Escola e instituições com responsabilidades no tema, tendo sempre como objectivo principal, tornar a vida quotidiana dos nossos Educandos, no espaço escolar, mais fácil e agradável.

No próximo dia 13 será efectuado um rastreio ás crianças da nossa escola.


A terapia da fala actua ao nível da prevenção, avaliação, estudo científico e tratamento das perturbações da comunicação humana e de deglutição, em crianças e adultos. Mais especificamente, as áreas de intervenção do terapeuta da fala são a linguagem oral e escrita, a articulação, a gaguez, a voz, a deglutição e a mastigação.


Quando as crianças têm dificuldades na fala e/ou na linguagem, têm geralmente consciência disso. Sabem que falam de maneira diferente dos seus pares, o que pode afectar a sua confiança.
Para além disso, estas dificuldades podem estar, ou vir a, prejudicar o seu desempenho
escolar. Diversos estudos apontam para que as dificuldades e as perturbações da linguagem oral antecedam perturbações da linguagem escrita, como é o caso da dislexia.


Verifica-se com alguma frequência a negação por parte dos pais de que o seu filho
necessita de terapia da fala. É importante que os pais reconheçam o quão crítica a terapia da fala é, e que o adiamento do tratamento poderá agravar o problema.


Os estudos estatísticos realizados (CEPLOL, 2007) referem que 8% da população revela
patologias graves no âmbito da fala, 15% apresentam défices moderados e cerca de 40% da
população é de alguma forma afetada por alterações relacionadas com a fala, comunicação
ou linguagem.


Dra.  Ana Cláudia Dias (Terapeuta da Fala)
Tel.: 96 926 72 39


Dra.  Vanessa Fernandes
Tel.: 21 230 31 11/ 93 948 89 87

Envio das fichas de sinalização:
clinicacriancaparcerias@sapo.pt

Clicar - 3 aos 5 anos - Rastreio TFala.pdf

Clicar - 6 aos 7 anos e 6 meses - Rastreio TFala.pdf

Clicar - 7 anos e 6 meses aos 9 anos - Rastreio TFala.pdf

Clicar - mais 9 anos - Rastreio TFALA.pdf


O Presidente da A.P.E.E.S.F.
Orlando Verissimo Lopes Rubio

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Oferta de Espaço Desportivo

CLICAR Documento


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Associação de Pais <apeesf@gmail.com>
Data: 6 de Fevereiro de 2012 13:18
Assunto: Espaço desportivo
Para: Sérgio Manuel Correia 

Exmo. Sr. Chefe de Divisão de Escolas,

Em conformidade com a nossa anterior reunião, aqui fica a apresentação da proposta para o incremento do espaço desportivo nosso Centro Escolar através da Mondo.
Como atesta o documento, necessitamos da aprovação do município e da sua preciosa ajuda para a transladação de 3 árvores que estão no espaço encontrado para o efeito.
O espaço foi tido em conta a circulação de viaturas no espaço e a salvaguarda dos espaços vidrados da escola.
Aguardamos a vossa apreciação e mantemos a nossa total disponibilidade para o efeito.
O nosso obrigado desde já.

Sinceros Cumprimentos

O Presidente da A.P.E.E.S.F.
Orlando Verissimo Lopes Rubio
-- 
Associação de Pais e Encarregados de Educação de São Francisco
http://apeesfrancisco.blogspot.com/

Email:
 apeesf@gmail.com
Facebook:
 Apee São Francisco Apeesf

______________________________________________________

No dia 27 de Janeiro de 2012 11:28, Carlos Paixão MONDO <cpaixao@mondo.pt> escreveu:

Vereador Paulo Machado

Visitada a Escola de S Francisco a pedido da Associação de pais e a nosso  por questões técnicas , apresentamos a nossa sugestão e disponibilidade para o efeito.
Mais informamos estar disponíveis para colaborar  na mudança do material  da outra escola.
No entanto reafirmamos que nada faremos sem o vosso acordo .

Bem haja

Carlos Paixão
Director   

MONDO PORTUGAL, S.A.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Informação

No dia 30 de Janeiro de 2012 19:00, Sérgio Manuel Correia <smcorreia@cm-alcochete.pt> escreveu:

Exmo. Presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Jardim de Infância e da  Escola do 1º Ciclo do Ensino Básico de São Francisco

Por incumbência do sr. Vereador Paulo Alves Machado, venho por este meio convidar a direcção da Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Jardim de Infância e da  Escola do 1º Ciclo do Ensino Básico de São Francisco, para uma reunião no dia 10 de Fevereiro de 2012, pelas 18h30m no Salão Nobre da Câmara Municipal de Alcochete. Mais informo que esta reunião contará com a presença do sr. Presidente da Câmara Municipal de Alcochete.
Esta reunião terá como propósito a análise de questões relativas ao funcionamento do Centro Escolar de São Francisco.


Com os melhores cumprimentos,
Sérgio Correia

MUNICÍPIO  DE  ALCOCHETE  -  Câmara  Municipal  -  Divisão  de Educação, Desenvolvimento Social e Saúde
Largo de S. João  2894-001 Alcochete - Tel: 21 234 86 00 - Fax: 21 234 86 90 - N.I.P.C.: 506 788 490
Visite-nos em www.cm-alcochete.pt
P Imprima o e-mail só em casos estritamente necessários. Há cada vez menos árvores no nosso Planeta. O Ambiente agradece.

O conteúdo desta mensagem de correio electrónico e os seus anexos é confidencial e de uso reservado. Se não é o destinatário, não a guarde, não a reenvie a terceiros, nem faça qualquer uso da informação nela contida. Por favor, apague-a e informe de imediato o remetente.A Internet não garante a confidencialidade e a entrega correcta de mensagens de correio electrónico. A Câmara Municipal de Alcochete não aceita responsabilidade por danos causados pela recepção incorrecta desta mensagem. Apesar desta mensagem ter sido verificada pelo nosso sistema de anti-vírus, não podemos garantir que não contenha vírus informáticos, pelo que não aceitamos qualquer responsabilidade por danos causados por eventuais vírus ou afins que possam estar contidos nesta mensagem. Obrigado.


No dia 2 de Fevereiro de 2012 13:57, Associação de Pais <apeesf@gmail.com> escreveu:

Exmo. Sr. Chefe de Divisão de Escolas,

Agradecemos desde já o convite que nos endereçou para a realização de uma reunião, mas em virtude da previa solicitação de reunião por parte das APEE's\ Agrupamento\ FAPEECA, relativo a temas urgentes de interesse comum,  no sentido de poder discutir um tema  transversal a toda a comunidade escolar e pensamos que a solução passará por um trabalho em conjunto entre a Câmara, o Agrupamento e a FAPEECA enquanto Federação das Associações de Pais e que tem nos seus Orgãos Sociais representadas todas as APEE's do Concelho.

Desta forma lamentavelmente teremos de recusar a realização desta reunião e solicitar a vossa compreensão para reagendar a mesma numa janela de tempo próxima, mas que não cause constrangimento á previa solicitação por parte das APEE's, conforme já demonstrá-mos através de ofício conjunto com o Agrupamento endereçado ao Sr Presidente da Câmara, teremos de avançar para decisões conjuntas e esperar que os pais de Alcochete tomem posições sobre esta temática e de como poderá a mesma ser amnisada ou eventualmente totalmente resolvida.

Nesse sentido, gostaríamos desde já de agradecer a vossa disponibilidade e compreensão para reunirmos relativamente ao tema "... análise de questões relativas ao funcionamento do Centro Escolar de São Francisco...", num futuro próximo.

O Presidente da A.P.E.E.S.F.
Orlando Verissimo Lopes Rubio


No dia 2 de Fevereiro de 2012 16:59, Sérgio Manuel Correia <smcorreia@cm-alcochete.pt> escreveu:
Exmo. Presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação de São Francisco

Somos pela presente a informar que, por vossa decisão, não se realizará a reunião para a qual a CMA vos convidou para o próximo dia 10 de Fevereiro, pelas 18 horas, para analisarmos questões relativas ao funcionamento do Centro Escolar de São Francisco.


Com os melhores cumprimentos,
Sérgio Correia

MUNICÍPIO  DE  ALCOCHETE  -  Câmara  Municipal  -  Divisão  de Educação, Desenvolvimento Social e Saúde
Largo de S. João  2894-001 Alcochete - Tel: 21 234 86 00 - Fax: 21 234 86 90 - N.I.P.C.: 506 788 490
Visite-nos em www.cm-alcochete.pt
P Imprima o e-mail só em casos estritamente necessários. Há cada vez menos árvores no nosso Planeta. O Ambiente agradece.

O conteúdo desta mensagem de correio electrónico e os seus anexos é confidencial e de uso reservado. Se não é o destinatário, não a guarde, não a reenvie a terceiros, nem faça qualquer uso da informação nela contida. Por favor, apague-a e informe de imediato o remetente.A Internet não garante a confidencialidade e a entrega correcta de mensagens de correio electrónico. A Câmara Municipal de Alcochete não aceita responsabilidade por danos causados pela recepção incorrecta desta mensagem. Apesar desta mensagem ter sido verificada pelo nosso sistema de anti-vírus, não podemos garantir que não contenha vírus informáticos, pelo que não aceitamos qualquer responsabilidade por danos causados por eventuais vírus ou afins que possam estar contidos nesta mensagem. Obrigado.


No dia 3 de Fevereiro de 2012 16:36, Associação de Pais <apeesf@gmail.com> escreveu:

Exmo. Sr. Chefe de Divisão de Escolas,

Obrigado pela vossa resposta, e agradecemos a vossa disponibilidade para podermos agendar o tema num futuro próximo, mantendo assim a   total disponibilidade para o mesmo.

Sinceros Cumprimentos 

O Presidente da A.P.E.E.S.F.
Orlando Verissimo Lopes Rubio

Reunião de Conselho Pedagógico de 10 de janeiro de 2012

2012/2/3 Margarida Sequeira 


Caros pais e Encarregados de Educação,

na sequência das vossas para o CP de janeiro venho esclarecer:

Relativamente à questão colocada das falta de articulação das AEC com os professores titulares e de como é que esta articulação está a ser feita ou DEVE ser feita, foi esclarecido que esta articulação passa pela coordenação dos estabelecimento, que existem reuniões de articulação (1 por período) entre os professores titulares e das AEC e que se poderá utilizar a hora de atendimento do professor para estas informações.

Referente ao concurso ao programa "Heróis da Fruta", este seria da responsabilidade da Câmara e que o Agrupamento não tem mais informações.

Referente ao novo fornecimento da alimentação foi esclarecido que o pessoal mantém-se e a competência do fornecimento é do município, de acordo com a lei vigente e, sendo assim, os assuntos passam a ser resolvidos com a CMA. De qualquer forma, a avaliação dos funcionários continuará a ser feita em parceria com o agrupamento.

Esclareço ainda que o próximo CP decorrerá na próxima semana (dia 7 de Fev) e que eu não poderei estar presente, pois estou fora do país, mas, alguma questão urgente, podem fazer-me chegar que remeterei para a Sra. Diretora.

Junto um  resumo das informações e dos assuntos que foram tratados.

Cumprimentos

Margarida Sequeira Antão

Clicar Resumo - Reunião de Conselho Pedagógico de 10 de janeiro